Mão, Punho e Cotovelo - Clinica Mais Pires - Taubaté/SP
341
page-template-default,page,page-id-341,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,qode-page-loading-effect-enabled,,qode_grid_1200,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-18.0.8,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 

Mão, Punho e Cotovelo

Contamos com profissionais especialistas em joelho que passaram por uma avaliação muito criteriosa para fazer parte desta equipe.

A mão é um órgão sensitivo e motor de grande importância na integração de nós, seres humanos, com o meio que nos cerca. Permite que o modifiquemos e o transformemos através da manipulação direta. Tem uma anatomia bastante complexa, sendo constituída por diversos tecidos, como pele, nervos, vasos sanguíneos, tendões, ossos, ligamentos e articulações. Somente com a integridade e a harmoniosa inter-relação dessas estruturas é que temos o funcionamento normal do membro superior.

A especialidade de Cirurgia da Mão atua sobre todo o membro superior, o que implica em tratar todas as afecções que possam acometê-lo.

Doenças degenerativas e inflamatórias
• Síndrome do túnel do carpo;
• Dedo em gatilho;
• Cistos sinoviais;
• Tendinites (digitação em smartphone, teclado, D.O.R.T. e L.E.R);
• Artrite e artrose de dedos e punho dentre outras.

 

Lesões traumáticas
• Fraturas dos ossos do membro superior;
• Luxações e lesões de ligamentos dos dedos, punho e cotovelo;
• Lesões de tendões;
• Lesões de nervos periféricos incluindo o plexo braquial;
• Amputações, que necessitam de procedimentos microcirúrgicos (reimplantes e reconstruções).

 

Anomalias congênitas
Que inclui um grande número de deformidades presentes logo ao nascimento e que exigem o conhecimento de anatomia normal e patológica.

 

Infecções e lesões tumorais
Que podem acometer tanto as partes moles como os ossos.

Determinadas lesões (fraturas e lesões ligamentares) apresentam alterações sutís aos exames físico e de imagem e com pouca sintomatologia em uma fase inicial, podendo passar despercebidas. Quando não tratadas precocemente, frequentemente evoluem mal e com consequências desastrosas após curto período de tempo, tornando seu tratamento mais complexo e com resultados inferiores. Por isso, a importância de uma avaliação especializada para o diagnóstico correto e tratamento precoce.